quinta-feira, 3 de maio de 2012

O MISSIONÁRIO JOEL CARLSON CHEGA A PERNAMBUCO

Após a passagem do irmão Adriano Nobre aqui na Capital Pernambucana, chega em 20 de outubro de 1918, procedente de Belém-PA, onde estava aprendendo a língua portuguesa, o Missionário Joel Franz Adolf Carlson.




SUA CHAMADA PARA O CAMPO MISSIONÁRIO

Joel Carlson era membro da Igreja Batista na Suécia e servia nas forças armadas do seu país. Em uma operação militar, o mesmo sofreu um acidente, sendo levado para um hospital especializado em atendimento de urgências e após todos os procedimentos, ficou sendo assistido por uma enfermeira muito dedicada. Essa enfermeira chamava-se Signe Hedlund, e tal qual era a sua atenção e dedicação, que o irmão Joel despertou um sentimento afetivo por ela, sendo, portanto correspondido, chegando ao enlace matrimonial em 1917.

Naquele período, a Igreja em Estocolmo, a mesma que enviara Daniel Berg e Gunnar Vingren, estava sob um mover do Espírito Santo, onde Lewi Pethrus, pastor daquela Igreja, nutria um grande amor pela obra missionária. Signe frequentava a Igreja Filadélfia onde Joel frequentou por pouco tempo e mesmo sendo recém-casados foram consagrados e enviados para o Brasil chegando aqui em janeiro de 1918 depois de passarem pelos Estados Unidos, sendo enviados para Pernambuco, pelo missionário Gunnar Vingren, nove meses depois.

Aqui chegando, foram residir próximo ao mangue, em um barracão sem nenhuma estrutura, no bairro dos Coelhos às margens do Rio Capibaribe, onde ficaram até o ano de 1919, de onde se mudaram para o número 812 da Rua Imperial no bairro de São José.


O Casal teve quatro filhos: Borje Joel Carlson – que faleceu aos três meses de idade, Ruth Signe Carlson, Hagnar Carlson e Elsa Carlson que cresceram e ajudaram seus pais na implantação oficial da Igreja em Pernambuco.


Leia Também:



Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...